Postagens de destaque:

EP Vício - Manú Gavassi

12 de dezembro de 2015

Olá gente! É com alegria que venho compartilhar com vocês que saiu o novo EP da Manú Gavassi. Sou apaixonada pelo trabalho dela e estou aqui contanto os dias para comprar o novo CD. Segundo ela, as 5 músicas foram colocadas numa ordem proposital, por contar uma história. 

Eu já havia feito um post aqui no Blog falando um pouco sobre essa sua nova fase e o novo Clipe chamado Camiseta, que faz parte desse EP. Mas agora já temos todas as 5 faixas do novo álbum e a ordem da Tracklist é: Camiseta, Vício, Direção, Farsa e Sozinha. 

A minha música preferida é Sozinha. Me identifiquei e traduz um pouco sobre esse ano de 2015. E vocês, gostaram das músicas e dessa nova fase dela? Achei que as letras não mudaram muito, continuam falando sobre relacionamentos, mas adorei essa mudança com uma pegada mais eletrônica e POP! 


Sozinha


A gente ama até sangrar,
até não dar mais pra aguentar, 
a gente ama até achar o próximo pra amar.

A gente ama outra vez,
e é tão certo dessa vez.
E eu te amo até o tempo apagar,
tudo o que você fez.

E o silêncio nos mostra,
mas ninguém parece ouvir.
O silêncio nos mostra,
o caminho a seguir.

Sozinha com minha mente
que não para de mudar,
eu nunca achei que fosse gostar de estar só.

Sozinha com meus sonhos que
não param de crescer.
Eu nunca achei que fosse entender  o que é estar só.
só, sem você.

A gente ama até escutar,
ate não ter o que salvar,
a gente ama até prometer,
que nunca mais vai amar.

E a gente ama outra vez,
e é tão certo dessa vez.
Eu te amo até a vida mostrar,
que eu estava errada,
talvez.

E o silêncio nos mostra,
mas ninguém parece ouvir.
o silêncio nos mostra,
o caminho a seguir. 

Sozinha com minha mente,
que não para de mudar.
Eu nunca achei que fosse gostar de estar só.

Sozinha com meus sonhos, 
que não param de crescer.
Eu nunca achei que fosse entender o que é estar só.
só, sem você.

Finalmente agora eu posso ver,
que sozinha eu sei que posso ser,
o que eu sempre quis
e era tão difícil com você.

Sozinha com minha mente,
que não para de mudar.
Eu nunca achei que fosse gostar de estar só.

Sozinha com meus sonhos, 
que não param de crescer.
Eu nunca achei que fosse entender o que é estar só.
só, sem você.

2 comentários:

  1. ADORO a manu!!! São poucas as pessoas que tem coragem de botar nas músicas o que sente da maneira que ela bota. A que eu mais gosto é farça. "Quem diria agora olha pra você, amor..."
    www.polycardinot.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Poly!!! Sim, ela é muito corajosa em falar de seus sentimentos, sou muito fã do tranalho dela. Farsa também é muito boa hahaah esse CD dela ta meio parecido com o atual da Clarice Falcão. Beijocas!!

      Excluir



Todos os direitos reservados. ©
Desenvolvido por Sofisticado Design.