Postagens de destaque:

Um texto sobre o Tempo e o Sentimento

22 de novembro de 2015


Tem sentimento que invade o peito e resolve ficar. E não é por um dia, uma semana ou quem sabe um mês. Ele chega quietinho e não quer ir embora. E tu fica ali parada, sem nem poder dizer nada. Ele já entrou, escolheu onde quer ficar e desfez as malas. A vida chega a ser engraçada.

Em questões de segundos pessoas entram e saem de nossas vidas. Cada uma deixa uma marca - a sua marca -. Algumas deixam lembranças boas, daquelas que só de relembrar te fazem abrir um belo sorriso. Outras te ensinam a ser mais forte, tolerante e paciente. E muitas te mostram que as piores verdades são aquelas que parecem mentira. Mas isso é normal, sempre foi e sempre será. Não é novidade para ninguém que chegadas e partidas podem causar um belo estrago na vida de quem fica - ou de quem resolver sair em busca do desconhecido -.

O fato é que não sabemos aceitar a partida prematura. Muitas vezes gostaríamos de que a pessoa ficasse por muito mais tempo. Mas nem sempre - ou quase sempre - as coisas não acontecem a nossa maneira. As coisas mudam com muita rapidez. Quando começamos a se acostumar com alguma coisa, ela muda!

Nossa vida é feita de tempo. Nossos dias são mensurados pelas horas, nosso conhecimento, nosso trabalho.. E quando tudo acaba ficamos nos perguntando se realmente aproveitamos da melhor maneira possível o tempo que tínhamos ao lado de tal pessoa ou lugar. São horas, dias, semanas, meses e anos que não voltam. Meu único medo é estar perdendo tempo, o tempo todo.

Sinceramente, nada mudou. Tudo continua mudando a cada minuto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Todos os direitos reservados. ©
Desenvolvido por Sofisticado Design.