Postagens de destaque:

Naomi & Ely e a lista do Não-Beijo!

29 de novembro de 2015

Hoje o dia amanheceu chuvoso e cheio da preguiça. Resolvi procurar por um filme desses que assistimos milhões de vezes sem se cansar. Eu sou dessas que entra no Netflix e só sabe assistir sempre as mesmas coisas. Mas hoje foi diferente. Resolvi escolher um de nome bem clichê, com cara de "Bem Chato". Pois bem, eu estava totalmente enganada. 

Não fazia a menor ideia de que Naomi & Ely e a Lista do Não-Beijo é um livro que foi adaptado para ganhar as telinhas. Agora além de ter colocado ele na minha lista de "Filmes para assistir mil vezes" quero muito comprar o livro. Particularmente eu adorei!

Ao terminar de assistir ao filme, parei para ler algumas resenhas do livro e acabei encontrando muitas críticas. Estou realmente muito curiosa e interessada nesse livro! O filme é super divertido e light, trata de uma forma super leve os acontecimentos da fase adolescente de jovens descobrindo um pouco mais sobre a vida adulta. Amor e amizade. 


Sinopse: A quintessência menina-gosta-de-menino-que-gosta-de-meninos. Uma análise bem-humorada sobre relacionamentos. Naomi e Ely são amigos inseparáveis desde pequenos. Naomi ama Ely e está apaixonada por ele. Já o garoto, ama a amiga, mas prefere estar apaixonado, bem, por garotos. Para preservar a amizade, criam a lista do não beijo — a relação de caras que nenhum dos dois pode beijar em hipótese alguma. A lista do não beijo protege a amizade e assegura que nada vá abalar as estruturas da fundação Naomi & Ely. Até que... Ely beija o namorado de Naomi. E quando há amor, amizade e traição envolvidos, a reconciliação pode ser dolorosa e, claro, muito dramática.
O filme trata-se basicamente de Naomi, Ely e os amigos do prédio. Eles são melhores amigos desde que foram colocados no mundo. Vivem no mesmo prédio, sempre frequentaram a mesma escola e nunca se desgrudam um do outro. O único problema é que Naomi sempre teve uma paixão platônica por Ely. Mas Ely é gay. A lista foi criada com o intuito de que não aconteça nenhum conflito entre os dois, para que nada os separe - nem mesmo um boy -. 

Mas o que mais me chamou atenção foi o fato de eles terem passado por vários acontecimento durante a vida que envolvesse toda a família. Mesmo durante toda turbulência eles continuaram firmes e fortes com sua amizade. Porém a lista do Não-Beijo não obteve sucesso. Em um determinado ponto da história, Ely acaba beijando o atual namorado de Naomi e bem, Bruce descobre que também é gay. 

Após esse acontecimento, Naomi e Ely entram em conflito o tempo todo, se evitam ao máximo e a amizade deles fica totalmente abalada. Mas graças a Deus, Naomi tem uma amiga CDF e muito inteligente que lhe mostra uma saída para todo esse problema.

Noami nunca amou realmente seu namorado, mas o que mais lhe incomodava não era o fato de ter perdido ao namorado, mas sim seu melhor amigo, Ely. Mas com a ajuda de sua brilhante amiga, ela consegue perceber que Ely a ama acima de tudo e que os conflitos ainda estavam abalando sua amizade porque ela não consegue desapegar do passado e perceber que na vida as pessoas mudam e sim, elas também erram! 

Mas a parte que eu mais gostei foi a de que Naomi acaba se apaixonando pelo porteiro do prédio, Gabriel. Ele traz consigo uma história de superação e aprendizado sobre a vida, e está disposto a compartilhar com ela.

“É uma grande mentira dizer que só existe uma pessoa com quem se vai ficar pelo resto da vida. Se tiver sorte – e se esforçar bastante -, sempre haverá mais de uma.”

3 comentários:

  1. Nati, já assisti-se "As vantagens de ser invisível"? recomendo muito, se você não viu ainda é com a Emma Watson e o Logan Lerman, e tem na Netflix, assisto todo sempre!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PS: agora que eu vi que escrevi "Todo Sempre" foi mal kkkk

      Excluir
    2. Oi Victor quanto tempo!! Super feliz em saber que você lê meu Blog! Obrigada pela dica, vou assistir! Beijos!!!

      Excluir



Todos os direitos reservados. ©
Desenvolvido por Sofisticado Design.